100%

Carla Shimoguiri solicita realização de casamento comunitário no município

A vereadora Carla Shimoguiri (PTB) apresentou indicação na sessão da última segunda-feira, 03, solicitando que o executivo organize um Casamento Coletivo no município. O objetivo é proporcionar a união para casais que desejam selar o matrimônio civil, porém, que não podem arcar com as despesas de um casamento. O trabalho, segundo ela, deverá ser atribuído a Secretaria de Assistência Social. “Fiz a indicação pensando nas pessoas, muitas tem vontade de casar e não tem oportunidade, a prefeitura tem que organizar”, justificou Carla, ao defender a indicação na tribuna. A vereadora sugeriu, que como 2018 já está no final, que a cerimônia comunitária seja realizada já em 2019 para preservar “princípios legais e morais” do município e auxiliar os casais que vivem em concubinato a regularizarem a situação. O Casamento Coletivo é uma cerimônia de Casamento Civil celebrada para diversos casais. Seguindo os moldes do casamento tradicional, são necessários os padrinhos que assinarão os documentos que atestam a união. Geralmente organizado por prefeituras, tem o objetivo de legalizar uniões estáveis e garantir os direitos de um casamento aos inscritos. Os custos são absorvidos pelo poder público. OUTRO ASSUNTO Ao utilizar a tribuna, Carla Shimoguiri destacou a presença do Secretário de Planejamento do Município, Zair Packer, na platéia e disse que a cidade precisa de melhorias. Ela se lembrou de uma indicação que fez no início do ano e que ainda não foi atendida: “precisa ser feita uma ciclovia ou uma calçada na Rua Boleslau Polanski”, disse. Ela alertou o secretário que o intenso fluxo de veículos leves e pesados na via, acabam por colocar em risco pedestres e ciclistas: “tem que estudar o que pode ser feito, talvez uma calçada, ou uma ciclovia, nós temos a obrigação de oferecer segurança para as pessoas”, finalizou.

Notícias

Pagamentos de honorários advocatícios com recursos do Fundeb estão suspensos
Pagamentos de honorários advocatícios com recursos do Fundeb estão suspensos

Estão suspensas todas as decisões que autorizaram o pagamento de honorários advocatícios contratuais em precatórios expedidos pela União para quitar diferenças de complementação do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb) devidas a Municípios. A decisão foi tomada pelo presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli, na sexta-feira, 11 de janeiro, e terá validade até o julgamento pelo plenário da Corte. A questão trata da...

Nota técnica da CNM esclarece dúvidas sobre as estimativas do Fundeb para 2019
Nota técnica da CNM esclarece dúvidas sobre as estimativas do Fundeb para 2019

Todo início de ano, quando são divulgadas as estimativas do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) para o exercício, surgem inúmeras dúvidas dos gestores municipais. Para esclarecer o assunto, a área de Educação da Confederação Nacional de Municípios (CNM) elaborou a Nota Técnica 03/2019. A publicação trata dos valores da receita anual do Fundo, além dos aspectos legais para utilização dos...