100%

Vereador pede vistas na lei que trata de cargos públicos do executivo

O vereador Marco Antônio de Souza, o Gorguinho (MDB), fez um pedido de vistas nos projetos de lei que tratam sobre a alteração das funções e regulamentam os cargos no executivo municipal de Três Barras. Segundo ele, há dúvidas na atribuição de “condução de automóveis” por assessores administrativos. Ele diz que a atribuição poderia entrar em choque com a atribuição de motorista. “Faço o pedido de vistas, para que eu possa analisar a legalidade da atribuição na condução de veículos a assessores”, destacou Gorguinho, afirmando ainda que não fazia parte das comissões que apreciaram o texto. Os vereadores de Três Barras votariam o texto na última segunda-feira, 09, porém, com o pedido de vistas ele deve ser pautado em sessões futuras. O projeto tem autoria no executivo municipal e regulamenta as leis 139/2009; 156/2011; e 172/2013; no que se refere à atribuição dos cargos públicos de Três Barras. Com a aprovação, ficarão descritas as atividades e atribuições dos contratados da prefeitura para funções ditas administrativas, bem como as das áreas de saúde e educação. Na defesa do PL, o executivo argumentou que a regulamentação é necessária, visando adequação conforme orientação do Ministério Público Estadual. O texto regulamenta 14 cargos de nível superior; 7 de nível técnico; 3 de nível médio; 3 para serviços auxiliares; 2 diversos; e outros 15 comissionados, entre eles o secretariado. Também estão descritos no texto, os comissionados para assessoramento geral, dos tipos: Diretor, que deverá controlar as ações do departamento em atuação; bem como o de Assessor, que deverá assessorar as secretarias onde atuar.

Notícias

Pagamentos de honorários advocatícios com recursos do Fundeb estão suspensos
Pagamentos de honorários advocatícios com recursos do Fundeb estão suspensos

Estão suspensas todas as decisões que autorizaram o pagamento de honorários advocatícios contratuais em precatórios expedidos pela União para quitar diferenças de complementação do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb) devidas a Municípios. A decisão foi tomada pelo presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli, na sexta-feira, 11 de janeiro, e terá validade até o julgamento pelo plenário da Corte. A questão trata da...

Nota técnica da CNM esclarece dúvidas sobre as estimativas do Fundeb para 2019
Nota técnica da CNM esclarece dúvidas sobre as estimativas do Fundeb para 2019

Todo início de ano, quando são divulgadas as estimativas do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) para o exercício, surgem inúmeras dúvidas dos gestores municipais. Para esclarecer o assunto, a área de Educação da Confederação Nacional de Municípios (CNM) elaborou a Nota Técnica 03/2019. A publicação trata dos valores da receita anual do Fundo, além dos aspectos legais para utilização dos...