100%

Câmara autoriza estudo para Regularização Fundiária em Três Barras

Os vereadores tresbarrenses aprovaram na última segunda-feira, 09, o Projeto de Lei 25/2018, de origem do executivo, que autoriza a prefeitura a desenvolver o projeto de Regularização Fundiária no município. A votação contou com voto favorável de todos os edis presentes na sessão. O texto pretende dar mecanismos para que o executivo atue na legalização de terrenos. De acordo com o texto, o executivo fica autorizado a realizar despesas para a Regularização de áreas rurais ou urbanas, conforme especificação da legislação federal. Tais despesas deverão ser incluídas no PPA – Plano Plurianual; na LDO -Lei de Diretrizes Orçamentárias; e na LOA - Lei Orçamentária Anual; bem como proceder com outros dispositivos para atender as necessidades legais. O prefeito também ficará autorizado a decretar atos decorrentes da Regularização Fundiária e as despesas da ação serão custeadas com dotação do próprio município. Ao total, estima-se que 700 imóveis não possuam escritura, entre particulares e da própria municipalidade. A ação, prevista na legislação federal, tem por objetivo resolver esses problemas e possibilitar que os ocupantes possam ter o devido registro de propriedade do imóvel, e assim, por exemplo, terem acesso a benefícios sociais e financiamentos. Carla Shimoguiri (PTB), utilizou a tribuna para comentar a matéria e afirmou estar satisfeita com a decisão do executivo submeter a matéria à câmara: “eu havia feito a indicação pedindo a regularização fundiária e felizmente o executivo está trabalhando na demanda”, destacou. Carla também afirmou que “existem vários loteamentos ainda precisando da regularização no município”, finalizou.

Notícias

Pagamentos de honorários advocatícios com recursos do Fundeb estão suspensos
Pagamentos de honorários advocatícios com recursos do Fundeb estão suspensos

Estão suspensas todas as decisões que autorizaram o pagamento de honorários advocatícios contratuais em precatórios expedidos pela União para quitar diferenças de complementação do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb) devidas a Municípios. A decisão foi tomada pelo presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli, na sexta-feira, 11 de janeiro, e terá validade até o julgamento pelo plenário da Corte. A questão trata da...

Nota técnica da CNM esclarece dúvidas sobre as estimativas do Fundeb para 2019
Nota técnica da CNM esclarece dúvidas sobre as estimativas do Fundeb para 2019

Todo início de ano, quando são divulgadas as estimativas do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) para o exercício, surgem inúmeras dúvidas dos gestores municipais. Para esclarecer o assunto, a área de Educação da Confederação Nacional de Municípios (CNM) elaborou a Nota Técnica 03/2019. A publicação trata dos valores da receita anual do Fundo, além dos aspectos legais para utilização dos...