100%

Vereador Barriga propõe nova área industrial para transporte de madeiras

O vereador Laudecir Gonçalves (Barriga), propôs ao executivo de Três Barras que o município adquira ou desaproprie terreno às margens do desvio de caminhões da Colônia Tigre. A ação teria o objetivo de criar uma nova área industrial a fim transferir as empresas que trabalham com transporte de madeira para retirar o fluxo de caminhões pesados do centro da cidade. A indicação foi apresentada na sessão da Câmara de Vereadores nesta segunda-feira, 20, e encaminhada ao prefeito Luiz Shimoguiri. Segundo Barriga, as empresas que trabalham no setor de transporte, ao longo dos anos, se instalaram em vários locais do município, incluindo áreas residenciais e vias de grande fluxo. Com a medida, segundo o vereador, seria possível ofertar um novo espaço a essas empresas para que as mesmas desocupassem as áreas urbanas. Lançado em gestões anteriores, o desvio da Colônia Tigre é uma estrada de chão batido cascalhada e que liga a localidade do interior a SCT 120, rodovia pavimentada e que fica próxima ao parque industrial do município, este, que por sua vez, recebe quase toda a demanda de madeira da cidade. O desvio já previa uma diminuição substancial do fluxo de caminhões pesados nas ruas urbanas, mas, como muitas das empresas têm suas garagens nessas áreas, mesmo com a utilização da Estrada do Tigre, o fluxo de caminhões nunca cessa no município. DESVIO DA WESTROCK Durante a sessão, Barriga, que também é presidente da casa, demonstrou preocupação com o desvio viário que deve contornar o centro através da West Rock. Segundo ele, a baixa arrecadação do estado tem dificultado as negociações. Durante sua explanação “conversei com um deputado na última semana que garantiu que não haverá recursos para executar a obra”, desabafou. Ele também lembrou que o governador (Raimundo Colombo) está “deixando a desejar” ao lembrar que o Estado pouco tem feito pelo município.

Notícias